ÁREA DO ASSOCIADO

O QUE É O PROTESTO ?


O protesto é a ferramenta mais rápida e eficaz para a recuperação de crédito. Ao protestar, a inadimplência e o não cumprimento de uma obrigação de pagamento tornam-se públicos.

Você pode protestar qualquer título ou documento de dívida, desde contratos de aluguel até notas promissórias. Como possui amparo legal e fiscalização do Poder Judiciário, o protesto é uma das formas mais seguras para receber as suas dívidas. Além disso, é por meio dele que os órgãos de proteção ao crédito conseguem as informações sobre os devedores inadimplentes e, com isso, adotam as medidas restritivas.

Para as empresas conveniadas ao Instituto, as vantagens não param por aí.

O protesto para quem tem convênio sai a custo zero. Isso quer dizer que a sua organização não irá gastar absolutamente nada para recuperar o crédito. Esse direito está resguardado no Ato Normativo TJ nº 11/2010. Com o protesto, você só tem a ganhar.
com o protesto, você tem muitas vantagens, conheça:

Economia para a sua empresa

Para as organizações conveniadas ao Instituto, o protesto tem custo zero para o credor. Toda a despesa é cobrada ao devedor.

O protesto não impede a execução e vice-versa

Isso significa que os processos não se anulam, podem acontecer simultaneamente. Vale ressaltar que a eficiência do protesto é superior a da execução.

O protesto interrompe a prescrição

Isso quer dizer que não ocorre a perda do exercício de direito devido à passagem do tempo. Por isso, quando você não receber uma dívida que está vencida, não perca tempo: proteste antes da data de prescrição. Com o protesto, o prazo recomeça e você tem mais chances de recuperar o valor. Esse direito está resguardado no art. 202, III do Código Civil.

Garantia de entrega da intimação para o Devedor

Tudo fica documentado para você ter a segurança de que o devedor foi notificado e terá até três dias úteis para realizar o pagamento.

Meio rápido de recuperação de crédito

Quem não recebe a dívida, tem pressa. Para recuperar o seu dinheiro rapidamente, a melhor maneira é protestar.

O protesto torna pública a inadimplência e só termina quando for cancelado.

Ao contrário da negativação realizada pelos órgãos de proteção ao crédito, que só pode ser divulgada por até cinco anos, o protesto permanece no nome do devedor até o seu cancelamento.

O protesto pode resultar em falência

Caso a dívida não seja paga no vencimento e o valor total seja superior ao teto limite estabelecido, o juiz pode decretar a falência do devedor. Isso somente ocorre se os títulos forem protestados anteriormente.